domingo, 3 de março de 2013

Posted by Marcelino Paulo Ferreira Posted on 19:45 | No comments

Terceira semana da Quaresma

 [no Ciclo C de Cortés (RD-Herder)] —


Jesus conhece bem todos os aspetos da sociedade onde vive e se movimenta


«Não mudaremos o mundo 

se não soubermos em que mundo vivemos»


Embora saibamos que é o essencial da mensagem cristã e embora tenhamos critérios diferentes para avaliar a realidade, não mudaremos o mundo se não soubermos em que mundo vivemos. Nesta semana, Jesus dá-nos a quarta lição do «mestrado»: o conhecimento da realidade, a necessidade de perceber os sinais dos tempos para que a nossa ação seja eficaz.
Jesus, como sempre, também nos serve aqui de exemplo ao demonstrar que conhece bem todos os aspetos da sociedade onde vive e se movimenta: desde o capítulo dos acontecimentos (DOMINGO: «Aqueles dezoito homens, que a torre de Siloé, ao cair, atingiu e matou») até à meteorologia (SEGUNDA: «O céu se fechou durante três anos e seis meses»), incluindo naturalmente a economia (TERÇA: «Não tendo com que pagar»), os assuntos sociorreligiosos (QUARTA: «Se alguém transgredir um só destes mandamentos»), a política (QUINTA: «Todo o reino dividido contra si mesmo»), a ação social (SEXTA: «Amar o próximo») ou a estratificação de classes (SÁBADO: «Um era fariseu e o outro publicano»).

Dediquemos esta semana a refletir sobre como é o nosso conhecimento do mundo, até que ponto conhecemos a realidade onde vivemos. Se é só teórico, unicamente teremos teorias, irreversíveis para a vida.

© José Luis Cortés — El ciclo C, Herder Editorial 
© tradução e adaptação de Laboratório da fé, 2013
— a utilização ou publicação deste texto precisa da prévia autorização do autor —


Categories:

0 comentários:

Enviar um comentário